DÍZIMO
icone home 01.png

Gratidão, Devolução, Partilha e Serviço

“Dê cada um conforme o impulso do seu coração, sem tristeza nem constrangimento.
Deus ama a quem dá com alegria. ”   (2Cor 9,7)

COMO COLABORAR

Para onde vai o Dízimo

 

OBRAS DE MISERICÓRDIA DA PARÓQUIA

  • Manutenção da Creche Coração de Maria

  • Casa do Pequeno Cidadão

  • Projetos sociais da Paróquia 

MANUTENÇÃO DA PARÓQUIA

  • Folha de pagamento

  • Contas de água, luz, gás e telefone

  • Serviços de limpeza e segurança

  • Impressos e material de escritório

  • Atividades e eventos das pastorais

SAIBA MAIS SOBRE O DÍZIMO

Na Igreja, o dízimo tem três dimensões: religiosa, social e missionária.“Aquilo que doamos para a Igreja, tem que ser visto nessas três dimensões. Hoje, o dízimo é uma doação regular e proporcional aos rendimentos do fiel, que todo batizado deve assumir. É antes de tudo uma grande graça, pois é uma forma concreta que o cristão tem para manifestar a sua fé em Deus e o seu amor ao próximo, já que é por meio dele que a Igreja se mantém em atividade, sustenta seus trabalhos de evangelização e realiza muitas obras de caridade e assistência aos menos favorecidos. Pelo dízimo, podemos viver as três virtudes mais importantes para todo cristão: a Fé, a Esperança e o Amor-caridade, que nos levam mais perto de Deus. O dízimo é um compromisso. Representa a nossa vontade de colaborar, de verdade, com o Projeto Divino neste mundo. 

 

A palavra “dízimo” significa “décima parte”, e a sua origem está nos 10% que os judeus davam de tudo o que colhiam da terra com o seu trabalho. Também hoje todos são convidados a oferecer, de fato, a décima parte daquilo que ganham, mas isso não é um preceito: ninguém é obrigado e ninguém deve ser constrangido a fazê-lo. O importante é entender que o dízimo não é esmola. Deus, que jamais nos priva da nossa liberdade, merece a doação feita com alegria. - O que é doado de boa vontade faz bem a quem dá e a quem recebe!

 

Cada pessoa deve definir livremente, sem tristeza nem constrangimento, qual percentual dos seus ganhos irá separar para o dízimo. Como visto, a Igreja não exige a doação de 10% de tudo o que você ganha. Porém, para ser considerado dízimo, é preciso que seja realmente um percentual, isto é, uma porcentagem dos seus ganhos, sendo no mínimo 1%. Se alguém ganha R$ 1.000,00 e oferece R$ 10,00, isto ainda pode ser considerado dízimo. Menos do que isso, porém, seria uma oferta.

 

A entrega do dízimo normalmente é mensal, porque a maioria das pessoas recebe salário todo mês. Já os que recebem semanalmente, por exemplo, podem combinar de entregá-lo uma vez por semana. O importante é saber que o dízimo deve ser entregue na comunidade com a mesma regularidade com que se recebem os ganhos regulares.

 

Cada vez mais católicos se conscientizam da importância do dízimo e das ofertas. É bom encontrar as igrejas limpas, bem equipadas, com tudo funcionando bem... Mas, infelizmente, muitos se esquecem de que, para isso, todos precisam colaborar! Somos a Família do Senhor, e cada templo da Igreja é uma casa de todos nós. A Igreja conta com o seu desejo de viver em Cristo, de assumir de fato o papel e a missão de ser, junto com seus irmãos de fé, membro de um mesmo Corpo: aceite o chamado de nosso Pai Eterno e diga sim ao compromisso de levar adiante os trabalhos evangelizadores da sua paróquia. Informe-se sobre como se tornar um dizimista e faça bem a sua parte.

Oração do dizimista

" Recebei, Senhor, a minha oferta.
Ela não é uma esmola, porque não sois mendigo.
Não é apenas uma contribuição, porque não precisais dela.
Não é o resto que me sobra que vos ofereço.
Esta importância, Senhor, representa a minha gratidão e o meu reconhecimento, pois se tenho algo, é porque Vós me destes.

 

Amém! " 

PESSOALMENTE

 

Diretamente na secretaria por meio de boletos mensais, cartões de débito e crédito.

SEJA DIZIMISTA

Para se tornar um dizimista é muito simples.

ENVELOPE

Entregue na Secretaria ou na caixa coletora dentro da igreja, ou entre em contato para que seja retirado.

DEPÓSITO BANCÁRIO

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA
CNPJ 63.089.825/0287-40
BANCO BRADESCO
AG 0313
C/C 109093-3